Pessoas gostam de ser enganadas?

Esse texto deveria ser para essas pessoas, mas infelizmente o tipo que gosta de ser enganado não costuma ouvir quem lhes aconselha com sinceridade. Farei mesmo assim o que puder pra ajudar. Boa leitura!

A maioria de nós caímos em um ou outro truque barato de internet no decorrer da vida. Um boato, uma oferta imperdível, algumas fake news… E tudo bem, é algo que acontece! O problema é que há pessoas que se profissionalizam em cair nesses golpes e se expõem com frequência na internet, expõem seus amigos e familiares, perdem dinheiro ou fazem outras pessoas caírem em golpes, tendo altos prejuízos.

Esse texto deveria ser para essas pessoas, mas infelizmente o tipo que gosta de ser enganado não costuma ouvir quem lhe aconselha com sinceridade. Talvez eu esteja perdendo meu tempo aqui, mas vamos lá!

Hoje lhes trago um exemplo muito comum no facebook, que eu acho triste em três níveis: pessoas comentando fotos para ganhar prêmios.

Imagem 1: Publicação claramente enganosa

Isso é triste em várias camadas! A primeira delas, analisando enquanto usuário de internet, é que quando publicações desse tipo funcionam acabam sendo copiadas por outras páginas e grupos fazendo com que, cada vez mais, posts semelhantes estraguem nosso feed.

A segunda camada de tristeza é enquanto produtor honesto de conteúdo. O que é isso? Há diversas pessoas que investem muito do seu tempo confeccionando materiais voltados à educação, por exemplo, seja em forma de videoaulas, atividades, imagens, textos, infográficos, etc… E essas pessoas costumam ter redes sociais com algumas poucas centenas de membros que acompanham e apoiam esse trabalho. É muito difícil conseguir esse público produzindo material honesto, educacional e informativo, mas absurdamente fácil conquistar um público de dezenas de milhares de seguidores usando de desonestidade (como a página citada na imagem 1). Basta observar a quantidade de comentários e compartilhamentos que esse único post tem.

A terceira e última camada de tristeza é entender o desespero de quem cai nesses golpes. Sim, a pessoa que compartilha, marca amigos, acompanha a página, etc… Acreditando que vai realmente conseguir um emprego, dinheiro, carro novo ou quaisquer outras conquistas fáceis está, no mínimo, desesperada. E os criadores desse tipo de material sabem dessa fraqueza e aproveitam-se dela para divulgar suas próprias páginas, fazê-las crescer e ganhar relevância, sem se importar com os sentimentos da pessoa enganada.

Vale fazer um disclaimer aqui: Há páginas de influenciadores digitais que realmente sorteiam produtos tais como viagens, notebooks, iPhones, etc… É necessário que tenhamos cuidado para separar o que é real do que não é.

Como funciona esse tipo de post e por que acaba viralizando?

Posts enganosos costumam oferecer um benefício muito bom e miram nas suas piores dores, tais como dificuldade financeira e emocional. Quem engana sabe que as pessoas sentem-se mais seguras ao observarem marcas de confiança, no exemplo da imagem 1 há o logotipo das Casas Bahia, que são referência no Brasil por suas ofertas e, portanto, passam uma imagem de credibilidade. É importante ressaltar que essa empresa nada tem a ver com a publicação, a força de sua marca apenas está sendo usada como isca. Desse modo, quando a pessoa enganada vê que uma página ‘ligada’ às Casas Bahia está oferecendo alguma coisa (veja bem, sequer é dito o que a pessoa vai ganhar) bastando escrever vários números e algum deles ficar na cor vermelha (isso sequer vai acontecer), a pessoa faz isso sem refletir muito a respeito.

A pessoa vai comentar 60 vezes na imagem e isso aumenta a relevância desse post, fazendo com que alcance mais pessoas. Daí vai ler a descrição, que informa a necessidade de clicar num link para conferir se GANHOU. Depois de tantos comentários o enganado não dá o braço a torcer e vai acabar clicando no link (pegando algum vírus, sendo hackeado ou apenas direcionado para alguma outra página qualquer).

Esse link da imagem 1 leva à uma conversa no facebook (sei porque entrei num site que pega o link encurtado e revela o link completo). Não cheguei a clicar nele, mas imagino que a conversa provavelmente é algo do tipo: “Parabéns, você ganhou!!! Para retirar seu prêmio você precisa compartilhar esse post em 10 grupos!” Imagino que seja isso devido a quantidade de compartilhamentos que essa imagem teve.

Mas, independente da conclusão, o enganado perdeu seu tempo e vai acabar, por inocência, enganando outras pessoas, por isso acredito que valeu esse texto de aviso. Isso aqui foi um exemplo de conteúdo honesto, algo que demandou meu tempo para explicar/escrever e terá uma quantidade baixíssima de compartilhamentos, fiz sabendo disso, mas se você é uma das exceções da internet, ajude-me a ajudar mais pessoas acompanhando meu trabalho e divulgando esse aviso.

LINKS PARA ACOMPANHAR MEU TRABALHO: https://linktr.ee/cafematica

Abraço do prof. Fernando!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: